Não existe educação sem cultura

Spamalot

 

Em 2012, o espetáculo patrocinado foi Spamalot: um musical criado a partir da obra do grupo britânico Monty Python, baseado no filme “Monty Python em Busca do Cálice Sagrado”, de 1975. Sucesso de crítica e de público, a peça ficou em cartaz de novembro de 2012 a janeiro de 2013 e teve um público estimado de 7.000 pessoas.

A adaptação de “Monty Python em Busca do Cálice Sagrado” para os palcos incluiu novas piadas e personagens, além de brincar com o próprio teatro musical. Durante todo o espetáculo, o Rei Arthur viaja pela Inglaterra Medieval com seu servo Patsy, recrutando cavaleiros para acompanhá-lo na sua busca pelo Santo Graal, incluindo Sir Bedevere, Sir Robin, Sir Lancelot e Sir Galahad. Durante o percurso, eles se deparam com guardas franceses e com vários personagens icônicos do Monty Python, como a Dama do Lago, o príncipe Herbert, Tim o Mago, o Cavaleiro Negro e os Cavaleiros que dizem Ni, entre outros. “Spamalot” foi ganhador de três prêmios Tony Awards em 2005, incluindo melhor musical, além de ser indicado em outras 11 categorias.

A montagem fez parte do Projeto de Pesquisa em Teatro Musical, do Prof. Rubens Lima Jr., que já montou os musicais “Cambaio”, de Chico Buarque, em 2009; “Rocky Horror Show”, de Richard O’Brien, em 2010; e “Tommy”, do grupo The Who, em 2011. O projeto, além de fomentar o gênero, aproveita profissionais da própria universidade na montagem e facilita o acesso da população, já que não tem fins lucrativos e oferece o espetáculo gratuitamente.