Não existe educação sem cultura

Rio de Paz

Novos Talentos da Pintura 2015


Título da obra: RIO DE PAZ
Artista: Angelo de Carvalho Santos
Formato: 140 x 160cm
Técnica utilizada: Tinta acrílica




Nota do autor sobre a obra


A tela representa no topo duas deusas olímpicas congraçando o rio como sede das olimpíadas e, ao mesmo tempo, brindando à cidade por sua superação bem como aos atletas, sendo alguns emblemáticos na história das olimpíadas. As deusas também trazem os arcos, que representam a união das nações em favor dos jogos justos e de paz. Na deusa da esquerda, a chama das olimpíadas e, à direita, o símbolo das paraolimpíadas. No coração do quadro, à entrada da Baía de Guanabara, o Pão de Açúcar, com o símbolo dos jogos abraçando o ponto turístico. Mais à direita, vê-se Vanderlei Cordeiro de Lima e, mais à esquerda, Gabrielle Andersen, maratonistas, figuras que ficaram marcadas como exemplos de superação em uma das modalidades mais antigas dos jogos. Ainda podemos observar um nadador, velejadores, esportistas do remo e um atleta paralímpico mais abaixo, à esquerda. O quadro é uma releitura de um cartão-postal da cidade, realçando a mistura entre os corpos e o pano de fundo, o rio de janeiro, que, em certo sentido, também é um corpo que, a partir do reconhecimento das suas fraquezas, busca soluções para se superar, e os jogos olímpicos são vistos como uma grande oportunidade para impulsionar essa vontade de vitória. Por fim, o cristo abençoa os jogos, os atletas, a população do Rio e as nações, para que as olimpíadas sejam um exemplo de sinergia.

O quadro foi pintado com tinta acrílica, 140 x 160cm, e as cores predominantes – verde, amarelo e azul - representam a bandeira brasileira. A superposição de imagens desconstrói o tom realista, realça a grandeza dos atletas e, por conseguinte, do espírito e dos valores olímpicos.