Não existe educação sem cultura

Público lota a Igreja da Candelária para o concerto “Os Grandes Adágios”

Sucesso! Orquestra Sinfônica Cesgranrio - Festival Mimo 2015 - Paraty

 

A Igreja da Candelária, no Centro do Rio, ficou pequena para a multidão que assistiu ao concerto Os Grandes Adágios, promovido pela Fundação Cesgranrio, por meio de seu Centro Cultural, no dia 18 de setembro.

A apresentação reuniu a pianista Carol Murta Ribeiro, a harpista Cristina Braga e a cravista Rosana Lanzelotte, acompanhadas da Orquestra Sinfônica Cesgranrio. O repertório foi composto por seis obras de grandes ícones da música clássica: o “Adágio para cordas em Sol menor”, do compositor italiano Tomaso Albinoni; o “Concerto em fá menor”, do germânico Johann Sebastian Bach, com solo de Lanzelotte no cravo; a “Aria in Classic Style”, do francês Marcel Grandjany, tendo a harpista Cristina como solista; o “Concerto K.299 para Harpa e Flauta”, do austríaco Mozart, também com solo de Cristina e da flautista convidada Paula Martins; o “Concerto para piano n. 23, K. 488”, também de Mozart; e, para encerrar, o “Poema XXI op. 94, n. 21, para piano e orquestra de cordas”, do brasileiro Marlos Nobre, com solo de Carol Murta Ribeiro no piano.

Segundo Carol, que integra do Conselho de Cultura da Cesgranrio, o repertório foi selecionado com o objetivo de dar oportunidade a todos os músicos convidados, ao mesmo tempo que apresenta ao público obras de destaque do Brasil e do exterior:

– Ao idealizar o projeto para três solistas e Orquestra, convidei duas grandes artistas para interpretar um adágio nos seus respectivos instrumentos: Cristina Braga na harpa e Rosana Lanzelotte no cravo. A escolha do repertório veio a seguir, com a ajuda do Maestro Eder Paolozzi, regente da OSC. Tive também a ideia de completar o programa com um adágio de um brasileiro e encontrei a obra “Poema”, do compositor Marlos Nobre, que, para minha grande alegria, nos permitiu tocar esta versão piano e orquestra de cordas, em primeira audição mundial – celebrou.

O concerto, gratuito, visou estimular a população do Rio a conhecer e prestigiar a música erudita. Carol ressaltou que iniciativas como essa são fundamentais para o aprofundamento cultural do carioca:

– O projeto “Os Grandes Adágios” foi realizado em uma parceria entre a Fundação Cesgranrio e o Projeto Candelária, que, em 2016, chega à sua 22ª temporada. Ambos contribuem enormemente para o desenvolvimento cultural da cidade do Rio de Janeiro. O Projeto Candelária, desde a sua criação, em 1992, promove concertos gratuitos dentro da Igreja, com uma variada programação musical erudita com grande êxito de público. Soma-se a esse empenho o da Fundação Cesgranrio, que, através principalmente da sua Orquestra Sinfônica, investe na formação de público de diferentes perfis e classes sociais, divulgando a música clássica – finalizou a pianista.