Não existe educação sem cultura

Indicados

cabecalho-premio-cesgranrio-teatro

 

Confira os indicados ao Prêmio Cesgranrio de Teatro. A escolha final dos vencedores, bem como a entrega do prêmio, ocorrerá em 18 de janeiro, no Copacabana Palace. O grande homenageado dessa edição do Prêmio é a atriz Nathalia Timberg.

A comissão julgadora, formada por Jacqueline Laurence Carolina Virguez, Daniel Schenker, Lionel Fischer, Macksen Luiz, Mirna Rubim e Tânia Brandão, escolheu:

 

Melhor Ator

Danilo Grangheia, por “Krum”

Ranieri Gonzalez, por “Krum”

Rogério Fróes, por “Família Lyons”

Bruce Gomlevsky, por "Uma Ilíada"

Matheus Macena, por "Caranguejo Overdrive"

Renato Carrera, por "O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar"

Melhor Direção

Ana Teixeira e Stephane Brodt por “Salina (A Última Vértebra)”

Daniel Herz por “Meu saba”

Marcio Abreu por “Krum”

Marco André Nunes, por "Caranguejo Overdrive"

Marina Vianna e Diogo Liberano, por "A Santa Joana dos Matadouros"

Charles Möeller, por "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Melhor Iluminação

Aurélio De Simoni por “Meu saba”

Nadja Naira por “Krum”

Renato Machado por “Madame Bovary”

Maneco Quinderé, por "Inútil a Chuva"

Paulo César Medeiros, por "A Santa Joana dos Matadouros"

Renato Machado, por "O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar"

Melhor Cenografia

Bia Junqueira por “Meu saba”

José Dias por “Eugênia”

Lorena Lima por “Consertam-se imóveis”

Paulo de Moraes e Carla Berri, por "Inútil a Chuva"

Bia Junqueira, por "A Santa Joana dos Matadouros"

Bia Junqueira, por "Santa"

Melhor Figurino

Ana Teixeira e Stephane Brodt por “Salina (A Última Vértebra)”

Carol Lobato por “Bilac vê estrelas”

Patricia Lambert por “Madame Bovary”

Carol Lobato, por "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Antonio Guedes, por "O Homossexual ou A Dificuldade de se Expressar"

Antonio Guedes, por "O Pena Carioca"

Categoria Especial

Bruno Lara Resende pela adaptação de “Madame Bovary”

Marcia Rubin pela direção de movimento de “Krum”

Nei Lopes pela trilha original de “Bilac vê estrelas”

Bia Radunsky, pela curadoria do Espaço Sesc

Claudio Botelho, pela versão brasileira de "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Claudio Lins, pela adaptação da obra de Nelson Rodrigues para o teatro musical

Melhor Atriz

Ana Beatriz Nogueira por “Um PAI - Puzzle”

Grace Passô por “Krum”

Suzana Faini por “Família Lyons”

Ana Paula Secco, por "O Pena Carioca"

Letícia Isnard, por "Marco Zero"

Melhor Texto Nacional Inédito

Daniela Pereira de Carvalho por “Contra o vento”

Keli Freitas por “Consertam-se imóveis”

Leonardo Netto por “Para os que estão em casa”

Pedro Kosovski, por "Caranguejo Overdrive"

João Cícero Bezerra, por "Sexo Neutro"

Diogo Liberano, por "O Narrador"

Melhor Direção Musical

Alexandre Elias por “S’imbora, O Musical - A história de Wilson Simonal”

Luís Filipe de Lima por “Bilac vê estrelas”

Marcelo Alonso Neves por “Contra o vento”

Nando Duarte, por "SamBRA, o Musical - 100 Anos de Samba"

Marcelo Castro, por "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Marcelo Alonso Neves, por "Amargo Fruto - A Vida de Billie Holiday"

Melhor Atriz em Musical

Alice Borges por “Bilac vê estrelas”

Izabella Bicalho por “Bilac vê estrelas”

Alessandra Verney, por "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Laila Garin, por "O Beijo no asfalto - O Musical"

Melhor Ator em Musical

André Dias por “Bilac vê estrelas”

Ícaro Silva por “S’imbora, O Musical - A história de Wilson Simonal”

José Mayer, por "Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera"

Thelmo Fernandes, por "O Beijo no asfalto - O Musical"

Melhor Espetáculo

Krum

Meu saba

Salina (A Última Vértebra)

Kiss Me, Kate - O Beijo da Megera

Caranguejo Overdrive

A Santa Joana dos Matadouros