Não existe educação sem cultura

O Mambembe

O Mambembe - Unirio - Fundação Cesgranrio

 

Depois do sucesso de The Book of Mormon O Jovem Frankenstein, o Musical O Mambembe estreou no dia 28 de abril de 2016, na Sala Paschoal Carlos Magno, o Palcão, do Centro de Letras e Artes (CLA) da universidade Unirio. A montagem faz parte do projeto de pesquisa Teatro Musicado, coordenado pelo professor Rubens, que já encenou outras oito peças na Universidade, entre elas Spamalot, do grupo Monthy Pyhton, e The Book of Mormon, vencedor do prêmio Tony de melhor musical em 2010, e peça com maior público no Rio de Janeiro em 2014, com 55 mil espectadores. Além do apoio da UNIRIO, o projeto conta com o patrocínio da Fundação Cesgranrio.

Mambembe conta a história da mocinha Laudelina – vivida por Roberta Monção e Giulianna Farias, que revezam no papel principal –, que sonha em ser atriz. Ela se envolve com um grupo teatral mambembe, que faz paródias de melodramas e críticas às relações sociais. Rubens Lima Junior relembrou que a história de O Mambembe é um ícone no teatro brasileiro, tendo tido um grande reconhecimento de crítica, mas não de público, em 1904, quando a peça estreou. “O público só redescobriu o espetáculo com a montagem histórica de Gianni Ratto, em 1959, com Fernanda Montenegro fazendo a protagonista. Então, essa nossa montagem já cria uma expectativa na classe teatral. Muita gente tem curiosidade de saber como vai ser essa montagem, e a nossa expectativa é de que vai ser ótima!", concluiu.

O elenco é formado por estudantes da UNIRIO e de outras universidades federais. O texto foi adaptado por Alexandre Amorim, com canções de sua autoria em parceria com o diretor musical Guilherme Menezes e o produtor musical Gabriel Gravina. A Direção de Arte e Cenografia é de Cris de Lamare, a Direção de Produção é de Marcus Brandão, a iluminação é de Paulo César Medeiros e quem assina as coreografias é Gabriel Demartine.

 

  • Foto de Marcus Brandão/Divulgação 'O Mambembe'