Não existe educação sem cultura

Integrantes da OSC participam de festival na Venezuela

Sucesso! Orquestra Sinfônica Cesgranrio - Festival Mimo 2015 - Paraty

 

O talento dos jovens músicos da Orquestra Sinfônica Cesgranrio está ultrapassando fronteiras. Depois de emocionar plateias no Rio, em Paraty e em Petrópolis, cinco integrantes do grupo – Bruno Peçanha, fagotista; Gilieder Veríssimo, trompista; Hugo Prio, oboísta; Monique Ponte, violinista; e Ranan Antonini, violinista – foram selecionados para compor uma Orquestra Binacional que se apresentará no dia 25 de outubro em Caracas, na Venezuela, durante o 7º Festival Internacional Villa-Lobos.

A Orquestra Binacional será formada por músicos brasileiros e venezuelanos de até 25 anos. Além de membros do grupo da Cesgranrio, participam também jovens de orquestras e projetos sociais de vários estados, como Orquestra Sinfônica Jovem de Goiás, Orquestra Jovem do Estado de Mato Grosso, Orquestra Maré do Amanhã (RJ), Ação Social Pela Música do Brasil (RJ) e Orquestrando a Vida (Campos de Goytacazes, RJ), entre outros.

Segundo Eder Paolozzi, regente da Orquestra Sinfônica Cesgranrio, esta é uma grande oportunidade para os jovens instrumentistas.

 

Eder Paolozzi

Diretor Artístico e Regente Titular da Orquestra Sinfônica Cesgranrio

“Participar de um festival tão importante é uma grande alegria. A Orquestra Binacional celebra a música como união entre as nossas culturas e povos, com um repertório dos dois países, e homenageia o nosso grande compositor Villa-Lobos. É uma oportunidade única para estes jovens, alguns deles nunca saíram do Brasil e ainda poderão conhecer de perto o trabalho do El sistema, que é uma referência mundial”.