Não existe educação sem cultura

Griôs da Cultura Brasileira – 3ª Edição

 

Griôs da cultura Brasileira - Cesgranrio

 

Em novembro de 2019, a Fundação Cesgranrio realiza a terceira edição do projeto Griôs da Cultura Brasileira, com Nelson Sargento, Rubem Confete, Zé Luiz do Império e Dona Gilda. Os encontros acontecem nos dias 31/10, 05/11, 08/11 e 12/11, na Escola Municipal Uruguai, em Benfica, Rio de Janeiro.

 

Idealizado pela Conexão Social Produções, Griôs da Cultura Brasileira é um projeto que visa promover o encontro de gerações para troca de saberes, tendo como princípio estrutural que os participantes tenham a possibilidade de vivência ancestral, através de oficinas e rodas de diálogo com os griôs de nossa cultura.

 

Griô é uma releitura da palavra francesa Griot, muito utilizada em algumas regiões da África. Faz referência a mestres e mestras que, através de sua contribuição e atuação nas mais variadas áreas culturais, sociais, políticas e artísticas em uma comunidade, têm o reconhecimento coletivo, enquanto detentores de um saber. Assim, os griôs reúnem as condições necessárias e únicas para transmiti-la através da oralidade.

 

As crianças e jovens participam de vivências com ritmo, através do método O Passo, que tem como princípios a inclusão e autonomia, já que entende o fazer musical como um fenômeno indissociável do corpo, da imaginação, do grupo e da cultura. Além disso participam de vivências onde que entram em contato com a história dos mestres e mestras, histórias de nossa cultura afrobrasileira, assim como histórias das áreas de atuações de cada griô e vivência ancestral, através da qual cada participante terá a experiência de se conscientizar da importância de suas histórias individuais e em comunidade, com a ferramenta de um saber popular.

 

O momento de encerramento do projeto é a roda de diálogo entre os griôs, as crianças e os jovens. Momento em que os participantes terão a oportunidade de conhecer os griôs, ouvir suas histórias e dialogar com eles.

 

O anfitrião do projeto é o mestre e baluarte de nossa cultura, Nelson Sargento, reconhecidamente griô de nossa cultura, atualmente com 95 anos, em plena atividade, exercendo ofícios na área da música, literatura, dramaturgia e artes plásticas.

 

Em 2017 o projeto aconteceu na Comunidade da Mangueira, em parceria com o Museu do Samba e Escola Municipal Uruguai, participaram crianças e jovens de 9 a 15 anos. Os Griôs envolvidos foram Nelson Sargento, Tia Maria do Jongo, Monarco, Rubem Confete e Tantinho da Mangueira. Já em 2018, o projeto aconteceu em Madureira, na Região da Serrinha em parceria com a Casa do Jongo, participaram crianças e jovens de 08 a 20 anos. Os Griôs envolvidos foram Nelson Sargento, Tia Maria do Jongo, Rubem Confete e Tantinho da Mangueira.

 

Griôs da cultura Brasileira - Cesgranrio