Não existe educação sem cultura

Curso Cesgranrio de Regência Orquestral

cabecalho-curso-regencia-isaac-karabtchevsky-cesgranrio

Depois de um intenso período de aulas teóricas e práticas com o maestro Isaac Karabtchevksy, no próximo sábado, dia 1 de abril, será a prova de fogo para os alunos do Curso Cesgranrio de Regência Orquestral: os 12 selecionados participarão de um concerto na Sala Cecilia Meireles, na Lapa (Rio de Janeiro-RJ), onde vão reger trechos de composições clássicas executados pela Orquestra Sinfônica Cesgranrio, podendo demonstrar que compreenderam os conceitos expostos ao longo do curso.


Alunos celebram oportunidade

Desenvolvido com o objetivo de ampliar a capacitação de jovens regentes, o curso de 40 horas teve o objetivo de aprimoramento do gestual dos participantes e enfatizar a capacidade de liderança frente a uma orquestra sinfônica. Durante nove dias, os regentes se revezaram entre a sede da Cesgranrio, no Rio Comprido, onde assistiram às aulas teóricas, e a Fundição Progresso, onde exercitaram o aprendizado, com o apoio da Orquestra Sinfônica Cesgranrio.

A formação teve início em 21 de março e, além dos 12 alunos classificados, contou com cinco ouvintes. Na primeira edição, o curso reuniu não só estudantes do Rio, mas também do Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, São Paulo e, até mesmo, da Argentina, como é o caso da regente Natália Salinas:

– Fiquei sabendo do curso através de dois amigos cariocas que estavam fazendo outra formação comigo em Santo André (SP), com a Orquestra Sinfônica da cidade, em fevereiro. Fiz minha inscrição no último dia, sem saber se poderia realmente vir, porque já estava em viagem. Eu já sabia quem era o maestro Karabtchevksy, porque na Argentina o conhecemos bem, então decidi tentar e consegui. O maestro Karabtchevksy é uma pessoa de altíssimo nível musical, de destaque internacional, e é um músico muito profundo, especialmente pela forma como concebe a atividade artística. Não me arrependo absolutamente de ter vindo. Estou muito agradecida por essa chance – afirmou Natália.


Curso Cesgranrio de Regência Orquestral, com Isaac Karabtchevksy.


Plano de novas edições

De acordo com Karabtchevksy, essa primeira edição do curso foi muito positiva, trazendo estudantes de diversos lugares e com experiências variadas, o que contribuiu para o bom andamento das aulas. Por isso, ele afirma que a apresentação final será muito bem-sucedida e que espera fazer novas formações:

– Depois de um desempenho fantástico dos participantes durante as aulas, tenho certeza de que o concerto de encerramento será um grande sucesso. Eu fiz questão de programar todos os 12 alunos ativos no curso para reger um trecho orquestral, de modo que eu considero esse encerramento um grande processo festivo, que engloba a todos e é um grande abraço universal à nossa arte. Torço para que a parceria com a Cesgranrio permaneça e frutifique, para que o curso não só seja continuado, mas possa se expandir, se ater a áreas específicas e se mantenha em constante evolução – finalizou o maestro.


O Concerto

No repertório do encerramento, estarão obras nacionais, como a abertura de “O Guarany”, de Antonio Carlos Gomes, e as “Bachianas Brasileiras”, de Villa-Lobos, além da Sinfonia nº 4, de Tchaikovsky.

 

Local: Sala Cecília Meireles
Endereço: Rua da Lapa, 47 – Lapa
Data e horário: Sábado, 1/4, às 20h
Ingressos: R$ 40,00 (há meia entrada para idosos, estudantes e pessoas até 21 anos); R$ 2,00 (estudantes de música com a carteirinha da escola – válido apenas para compras na bilheteria do espaço)

Curso Cesgranrio de Regência Orquestral, com Isaac Karabtchevksy.

 


 

O primeiro Curso Cesgranrio de Regência Orquestral, ministrado pelo maestro Isaac Karabtchevksy, começa nesta terça, dia 21, às 18h, na Fundição Progresso.

Hoje, ocorrerá a audição para seleção dos 12 participantes da capacitação, que serão escolhidos entre os 38 classificados na primeira fase. Amanhã, 22 de março, vão começar as aulas teóricas e práticas, que serão realizadas nos turnos da tarde e noite, até o dia 31 de março. O concerto que marcará o encerramento do curso será realizado no dia 1º de abril, na Sala Cecilia Meireles, às 20h.


Isaac Karabtchevksy - Foto: Vânia Laranjeira


Karabtchevksy ressalta que essa nova iniciativa representa um importante incentivo para o aprimoramento dos regentes brasileiros:

– Este é primeiro ano em que a Fundação Cesgranrio, através de sua ampla atuação no campo da cultura, desenvolve um Curso para jovens maestros brasileiros. Este gesto vem beneficiar uma geração até então afastada dos meios que propiciam o florescimento de inúmeras carreiras e vem ao encontro de um expressivo número de talentos – declarou.

 




Conforme consta no edital do processo seletivo do Curso Cesgranrio de Regência Orquestral, com Isaac Karabtchevsky, O Centro Cultural divulga abaixo a lista dos regentes selecionados para participar da segunda fase do processo.

EZEQUIAS COSTA DE AMORIM                                                       

MARCEL MACEDO DE CASTRO LIMA                                                   

CARLOS ALBERTO PIRES SARRIA                                                     

BEANY OBDULIO CABRERA MORENO                                                   

ANTONIO PEDRO VALENTE SIMAO                                                    

ELIAS LEITE CAMPOS                                                              

ALEXANDRE CONCEICAO PINTO                                                      

ALDO LUIS VILLANI                                                              

ULISSES COUTINHO AMARAL                                                         

THIAGO DE ALMEIDA TAVARES                                                      

FELIPE GADIOLI SILVA                                                           

NATALIA DE SOUZA LARANGEIRA                                                     

PRISCILA LOPES BOMFIM MUNIZ                                                    

JEAN PHILIPPE ABREU MOLINARI                                                   

GIUSEPPE LAUCAS PEREIRA                                                        

LUIZ GUSTAVO BRINHOLI PEIGO                                                    

VITOR DAMIANI GONCALES MARQUES                                                 

ALLAN OLIMPIO GALOTE DANTAS                                                    

EDSON DE TOLEDO PIZA FILHO                                                     

VINICIUS DOS SANTOS PEREIRA                                                    

MARCO AURELIO DA CRUZ CORREA                                                   

RAPHAEL LINHARES DE ALMEIDA MACEDO                                              

ISAQUE BIZERRA LACERDA                                                         

LEANDRO SOUZA DE OLIVEIRA                                                      

GERALDO JOSE OLIVIERI JUNIOR                                                   

VILANE CRISTINA TRINDADE DE ANDRADE                                            

WERLEY NICOLAU DA SILVA                                                        

ANTONIO CARLOS NEVES PINTO                                                     

MURILO ALVES PEREIRA                                                           

MATHEUS DA SILVA DE SOUSA                                                      

EDVAN RODRIGUES MORAES JUNIOR                                                  

RODRIGO PALHETA MORAES                                                         

ABNER ROA                                                                      

SAMUEL FIDELIS                                                                  

MARCOS JOSE MARTINS ARAUJO                                                     

INGRID STEIN FERNANDEZ DA SILVA                                                

GABRIELA LACERDA ALKMIM                                                         

NATALIA ELIZABETH                                                              

Todos os selecionados deverão comparecer para audição com orquestra, no dia 21 de março, às 18:00, na sala de ensaios da Fundição Progresso. A obra obrigatória de confronto será a abertura “O Guarany” de Carlos Gomes. 

Banca Examinadora tem a prerrogativa de ouvir apenas trechos das músicas requisitadas, ou interromper a avaliação, se julgar suficiente o que já tiver ouvido.

Os candidatos que participarem da audição, mas não ficarem entre os 12 (doze) candidatos escolhidos, poderão participar do curso apenas como ouvintes.

Confira mais informações no edital.

 


 

Curso de Regência Cesgranrio

 

Duas semanas de aprendizado intensivo com o maestro Isaac Karabtchevsky. E de graça! A experiência será proporcionada a regentes de todas as partes do Brasil - e também do exterior - no Curso Cesgranrio de Regência Orquestral. As inscrições estão abertas até o dia 10 de fevereiro neste site.

Realizado há dez anos, o curso é o mesmo aplicado por Isaac Karabtchevsky em Riva Del Garda, na Itália, com uma importante diferença: na Cesgranrio ele é realizado de forma gratuita. Serão disponibilizadas 12 vagas para regentes. 

 

botao-edital-orquestra-sinfonica-cesgranrio

botao-inscricoes-orquestra-sinfonica-cesgranrio

 

O curso enfatiza a capacidade de liderança frente a uma orquestra sinfônica e o aprimoramento do gestual dos regentes. Por nove dias os alunos trabalham com a Orquestra Sinfônica Cesgranrio, demonstrando suas habilidades e aptidões. Os ouvintes, por sua vez, têm a oportunidade de assistir à maratona de aulas e assimilar os preciosos ensinamentos do maestro. "Tenacidade, força de vontade e convicção. Estas são as forças motrizes para um bom desempenho como regente", destaca Karabtchevsky, relembrando que aos sete anos já subia em bancos e gesticulava com os braços, orientando uma orquestra imaginária. "É preciso ter uma sinergia com a orquestra ou teremos batedores de compasso. A linguagem corporal e o gestual são imprescindíveis. A força do olhar é também um mecanismo desta comunicação. Os cursos exploram novas forças de expressão, que não se repetem", reforça ele, lembrando que a maturidade gestual de um regente é como um bom vinho.

 

"Tenacidade, força de vontade e convicção. Estas são as forças motrizes para um bom desempenho como regente"

Isaac Karabtchevsky


Print


Ao fim do curso, alunos selecionados terão o privilégio de reger publicamente peças do compositor russo Tchaikovsky (Sinfonia nº 4 em Fá Menor, op.36), do brasileiro Carlos Gomes (Abertura “O Guarani”), e Villa-Lobos, (Bachianas Brasileiras n.4). O repertório será apresentado em concerto na Sala Cecília Meireles, no dia 01/04/2017, às 20:00 horas.

 

Sobre Isaac Karabtchevsky

Em 2009, o jornal inglês The Guardian indicou o Maestro Isaac Karabtchevsky como um dos ícones vivos do Brasil. A expressão do jornal tem sua razão de ser: desde os anos 70, Karabtchevsky tem desenvolvido uma das carreiras mais brilhantes no cenário musical brasileiro, atuando por 26 anos como Maestro da Orquestra Sinfônica Brasileira, comandando o projeto mais ousado de comunicação popular da América Latina, o Aquarius, que reuniu durante anos milhares de pessoas ao ar livre e favoreceu, dessa forma, a formação de um público sensível à música de concerto.

Esse período de intensa atividade coincide com sua permanência na Europa, atuando como diretor artístico de diferentes orquestras e teatros: com a Tonkünstlerorchester de Viena (1988 a 1994), o Teatro La Fenice de Veneza (1995 a 2001) e, finalmente, como diretor da Orchestre National des Pays de la Loire (2004 a 2010). Dentre os teatros e orquestras de prestígio dessa fase estão a Salle Pleyel de Paris, o Konzertgebouw de Amsterdã, o Musikverein de Viena, o Royal Festival Hall de Londres, a Accademia di Santa Cecilia de Roma, o Teatro Real de Madrid, a Staatsoper de Viena, o Carnegie Hall de Nova York, o Teatro Comunale de Bologna, a Rai de Torino, o Teatro Colón de Buenos Aires, a Deutsche Oper am Rhein de  Düsseldorf, a Orquestra Gurzenich de Colônia, a Orquestra Filarmônica de Tóquio etc.

A partir de 2004 Karabtchevsky assumiu a direção da Orquestra Petrobras Sinfônica, grupo caracterizado por um sistema único de autogestão e que tem proporcionado ao Maestro uma nova etapa em sua carreira. Nesta fase prepondera sua vasta experiência no repertório sinfônico e também a visão do regente habituado a títulos do porte de Erwartung de Schoenberg, O Navio Fantasma, Tannhäuser e Tristão e Isolda de Wagner, Billy Budd de Britten, e inúmeras produções que o levaram a dirigir, na Ópera de Washington, uma notável realização de Boris Godunov, considerada pelo crítico Tim Page, do Washington Post, como a melhor da temporada de 1999-2000. Vêm desse período as comendas que recebeu do governo austríaco pelos serviços culturais prestados ao país, a medalha “Chevalier des Arts et des Lettres”, do governo francês, além das que recebeu de praticamente todos os estados brasileiros.

No início de 2011, Karabtchevsky recebeu o convite para dirigir a Sinfônica de Heliópolis, a maior comunidade carente de São Paulo, assumindo paralelamente a direção artística do Instituto Baccarelli. Foi convidado pela OSESP para a gravação integral das sinfonias de Villa-Lobos, com realização entre 2011 e 2016. Este projeto é resultado de um profundo trabalho de reconstituição das partituras e do resgate de uma importante e esquecida vertente da produção do compositor. Foi diretor Musical do Theatro Municipal de São Paulo e da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre.

Desde 2000, dirige, na Itália, no Musica Riva Festival, masterclasses para Maestros do mundo inteiro. Na Mostra Internacional de Música de Olinda – Mimo, realiza o mesmo curso com enorme sucesso. Atualmente é também o responsável pela programação artística do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.