Não existe educação sem cultura

Confira os espetáculos em cartaz no Teatro Cesgranrio

 

Confira os espetáculos em cartaz no Teatro Cesgranrio

 

 

Terra Brasilis (Coral Cênico Cesgranrio)

 

Um verdadeiro show de luz, som e batuque toma conta do palco do Teatro Cesgranrio. O espetáculo Terra Brasilis, em cartaz de 05 a 27 de outubro (sábados e domingo), às 16h, é encenado pelos atores da 2ª Oficina de Canto Coral Cênico Cesgranrio.

 

 

Seguindo a trilogia criada por Jonas Hammar, diretor da oficina, o espetáculo é uma continuidade do “Raízes Indígenas” (encenado em 2018) e passeia por vários gêneros da música brasileira como maracatu, bossa nova, jongo, carimbó. Com 35 integrantes, a encenação, que foi criada com o objetivo de divulgar a cultura brasileira, é dividida em quatro blocos que representam as estações do ano: outono, inverno, primavera e verão.

 

No repertório, “Vem navegar na minha vida”, texto de Caio F. Abreu, musicado por Caio Sena exclusivamente para a oficina, “Estrela de lua nova”, de Villa Lobos, “Credo”, de Milton Nascimento, “Canto de Xangô”, afrosamba de Baden Powell, entre outros.

 

 

Serviço:

 Espetáculo: Terra Brasilis

Datas: de 05 a 27 de outubro

Horário: sábados e domingos às 16h

Ingressos: R$10,00 (inteira) – R$5,00 (meia)

CLIQUE AQUI E COMPRE O SEU INGRESSO

Classificação etária: livre

Duração: 55 minutos

 

 

Ricardo III

 

Gustavo Gasparani reestreia o premiado monólogo “Ricardo III” no dia 12 de outubro, às 20h, no Teatro Cesgranrio. A peça narra um trecho da história da Inglaterra e fala sobre a luta pelo poder, intrigas e hipocrisia na política.

 

 

Como estudioso do autor britânico, Gasparani promoverá o ciclo de palestras “Diálogos com Shakespeare”, que acontece após os espetáculos dos dias 12, 18, 20, 25, 17 de outubro e 1 e 3 de novembro. Ele receberá convidados para debater temas da obra de Shakespeare: Marvin Carlson (professor da New York University), Gustavo Franco (economista), Liana Leão (professora de teatro), Romildo do Rêgo Barros (psicanalista), Fernanda Medeiros (professora de literatura inglesa), Amir Haddad (teatrólogo e diretor de teatro), Cesar Augusto (ator e diretor), Daniel Herz (diretor de teatro) e Paulo de Moraes (diretor de teatro).

 

Serviço:

De 12 de outubro a 03 de novembro

Sexta a domingo, às 20h

Classificação: 12 anos

Preço: R$ 60 (inteira), R$ 30 (meia) e R$ 15 (estudantes de Teatro)

CLIQUE AQUI E COMPRE O SEU INGRESSO

Quem assistir ao espetáculo em qualquer data terá acesso gratuito a todas as palestras.

 

Palestras:

Dia 12/10, sábado – RICARDO III PELO MUNDO

* Marvin Carlson, Professor da New York University

 

Dia 18/10, sexta – O DIREITO E A ECONOMIA EM SHAKESPEARE

* José Roberto de Castro Neves, advogado

* Gustavo Franco, economista

 

Dia 20/10, domingo – O TEATRO ELISABETANO

* Liana Leão, professora Titular da UFPR

* Marlene Soares dos Santos, professora Emérita da UFRJ

 

Dia 25/10, sexta – O QUE FREUD PENSA SOBRE RICARDO III

Romildo do Rêgo Barros, psicanalista, membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise

 

Dia 27/10, domingo – A PALAVRA EM SHAKESPEARE

* Fernanda Medeiros, professora Associada de literatura inglesa da UERJ e pesquisadora da obra de Shakespeare

* Leonardo Bérenger, professor de Literatura Britânica do Departamento de Letras da PUC-Rio

* Márcia Martins, professora e pesquisadora da PUC-Rio na área de estudos da tradução

 

Dia 01/11, sexta – ENCENANDO SHAKESPEARE

Amir Haddad, teatrólogo e diretor de teatro

 

Dia 03/11, domingo – SHAKESPEARE E AS CIAS DE TEATRO DO SÉCULO XXI

* Cesar Augusto, ator e diretor da Cia dos Atores

* Daniel Herz, diretor da Cia Atores de Laura

* Paulo de Moraes – diretor do Armazém Companhia de Teatro

 

 

Fonte Ovejuna

 

Os empregados da corporação Fonte Ovejuna, localizada na cidade homônima, estão fartos dos abusos de seu chefe, Fernão. Uma rebelião popular encabeçada por Laurência culmina com o assassinato do tirano. Ao povo unido, até os reis tem que a cabeça curvar. O argumento do dramaturgo Lope de Vega sustenta temas ainda pertinentes aos dias de hoje. Nessa montagem, integrando aspirações artísticas do grupo ao texto original, o espetáculo propõe uma reflexão sobre sociedade, cultura e misoginia.

 

 

Serviço:

De 23 de outubro a 14 de novembro

Quartas e quintas, às 20h

Classificação: 16 anos

Tempo de duração do espetáculo: 70 min

Preço: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia)

CLIQUE AQUI E COMPRE O SEU INGRESSO