Não existe educação sem cultura

Abertura da 4ª Oficina de Atores Cesgranrio

cabecalho-oficina-de-atores-2016

 

Com um coquetel de lançamento realizado em 11 de março, os 20 jovens talentos selecionados para a quarta Oficina de Atores da Cesgranrio conheceram a Fundação e a estrutura oferecida para aperfeiçoamento de artistas.

Na ocasião, o professor Carlos Alberto Serpa, presidente da Cesgranrio, recebeu os atores e falou sobre o empenho da Fundação para oferecer mais iniciativas de formação e capacitação artísticas, de forma a utilizar a ambiência cultural como instrumento de promoção da educação:

 

 

Carlos Alberto Serpa

Presidente da Fundação Cesgranrio

Nós oferecemos esse projeto a vocês gratuitamente porque entendemos que é fundamental investir no binômio educação e cultura para trazer à tona as potencialidades das pessoas. A arte cênica é a forma de cultura que permite a emergência do maior número de inteligências múltiplas, que são essas potencialidades, essas características intrínsecas que nos formam. A partir de agora, vocês são embaixadores dessa filosofia.

 

 

As inscrições para a iniciativa aconteceram entre dezembro de 2015 e janeiro de 2016. Aproximadamente 700 pessoas se candidataram, o maior número entre todas as edições do projeto.

Nesse ano, a novidade é a chegada da professora Ana Carter, que terá a função de coach de Técnica de Atuação. Pós-graduada em Artes Cênicas pela Arts Educational Schools de Londres, Ana atua há mais de dez anos como diretora assistente, diretora de elenco e preparadora de atores. Já trabalhou em projetos para teatro, cinema e televisão no Brasil e na Inglaterra. Atualmente, integra o corpo docente da Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), dirigindo cenas para TV de alunos que cursam o último período. Ela também atuou como coach da segunda temporada da série “Anos Radicais”, da Cesgranrio.